Como calcular o ponto de equilíbrio (BEP – break-even point) do seu negócio – A história de um açougue

Você conhece alguém que teve um negócio bem sucedido por alguns anos e de repente fechou?

Já ouviu algum empresário reclamando que, após anos reinvestindo o dinheiro no próprio negócio, está ganhando menos ou até tendo prejuízo?

Conhece algum empresário que está infeliz, pois parece trabalhar cada vez mais, mas vê cada vez menos dinheiro na conta bancária pessoal?
Eu não apenas conheço, mas estive no mesmo barco algumas vezes. No entanto, desde que entendi o conceito do ‘Ponto de Equilíbrio’, nunca mais estive nesta mesma situação.

Gostaria de compartilhar este conhecimento de negócios com você e, ao fazê-lo, criarei um estudo de caso.

Em primeiro lugar, deixe-me explicar o que é o Ponto de Equilíbrio.

O Ponto de Equilíbrio (BEP) é o ponto no qual o custo total e a receita total são iguais: não há prejuízo líquido, nem lucro, e está “equilibrado”. Não houve lucro, nem perda. Em resumo, todos os custos que precisam ser pagos estão pagos pela empresa, mas o lucro é igual a zero.

Todos os negócios têm custos e despesas gerais, e nós, empreendedores, devemos saber quantas unidades do nosso produto ou serviço devemos vender para pagar todos os custos e despesas gerais do nosso negócio.

Os custos do negócio é o dinheiro gasto para comprar os produtos para a revenda ou também pode ser a matéria-prima e mão-de-obra direta, caso o negócio fabrique algo.

O custo variável total varia de acordo com o nível de produção ou nível de vendas. As despesas gerais não aumentam ou diminuem de acordo com o nível de produção ou vendas. Agora, vamos iniciar o nosso estudo de caso para explicar melhor.

Vamos dar uma olhada em um açougue (chamado Labaldi neste estudo de caso), onde compram e vendem contrafilé por quilo. Vamos supor que o açougueiro compre o contrafilé por £18,20/Kg e queira vender por £24,50/Kg. Neste caso, o lucro bruto total seria de £6,30 por quilo.

O lucro bruto é um dígito muito importante, pois, basicamente, ele dá uma ideia ao Labaldi de quanto lucrará por quilo de contrafilé vendido.

Para calcular a margem de lucro bruto, Labaldi precisa dividir o lucro bruto por quilo (£6,30) pelo preço total por quilo (£24,50). A margem de lucro bruto total neste caso seria de 34,62% (£6,30/£ 24,50).

O açougue também tem as despesas gerais, tais como aluguel e taxas, faturas de serviços, marketing e 1 funcionário em tempo integral, totalizando £6.300. Como explicamos antes, vamos também considerar que, não importa quantos quilos de contrafilé o Labaldi venda, o total de despesas gerais não mudará.

Eu classifiquei a mão-de-obra como uma despesa geral, pois, em minha opinião, os custos de mão-de-obra em um pequeno negócio devem ser tratados de forma diferente dos custos de um grande negócio.  A mão-de-obra de um grande negócio é quase sempre classificada como sendo custo direto, mas eu gostaria de simplificar a minha explicação.

Copy of Copy of break even point calculation

*cálculo de margem de lucro bruto

1

* tabela de Despesas Gerais Totais

Para calcular o ponto de equilíbrio, precisamos dividir as despesas gerais totais pelo lucro bruto (£).

Ponto de Equilíbrio = Despesa Geral Total/lucro bruto

Vamos calcular o ponto de equilíbrio para o Açougue Labaldi:

Ponto de Equilíbrio = £ 6,300/£ 6,3 = 1,000 quilos de Contrafilé

Labaldi precisará vender 1,000 quilos de Contrafilé para pagar todos os custos e despesas do negócio. Se Labaldi vender 1,000 mais 1, o negócio começa a ter lucro. Se Labaldi vender 999 quilos, o negócio está em prejuízo.

Agora, vamos dizer, por exemplo, que o Labaldi abrirá o Açougue amanhã pela primeira vez e verá o que vai acontecer com o negócio nos primeiros 18 meses de venda.

Copy of Copy of break even point calculation
graphic

Você pode notar que as despesas gerais totais representadas pela linha amarela mantêm o mesmo valor e apenas aumentam no mês 10, quando o Sr. Labaldi abre o segundo açougue.

A linha vermelha representa os custos variáveis totais do negócio e a linha azul representa os custos e despesas gerais totais do negócio.  As vendas totais do negócio são representadas pela linha verde e toda vez que a linha verde estiver abaixo da linha azul significa que o negócio está tendo prejuízo. Quando a linha verde estiver acima da linha azul significa que o negócio está tendo lucro. O ponto no qual a linha azul cruza com a linha verde é o ponto em que o negócio chega ao Ponto de Equilíbrio.

Agora, quais são as vantagens de calcular o Ponto de Equilíbrio?

  • Você sabe quantas unidades de um produto precisam ser vendidas para alcançar o equilíbrio. Desta forma, você sabe como estabelecer as metas de vendas para sua equipe de vendas;
  • Você sempre tentará encontrar maneiras de aumentar a produtividade da sua empresa para diminuir os custos totais;
  • Você saberá quantas unidades a mais você precisa vender, se as despesas gerais aumentarem;
  • Você tentará diminuir os custos diretos do seu negócio (comprando mias barato e buscando outros fornecedores);
  • Você pode calcular se o seu negócio precisará de capital de giro extra para aguentar perdas temporárias;
  • Isso o ajudará a tomar decisões mais inteligentes em seu negócio;
  • Você também irá calcular, para cada produto ou serviço diferente, quanto será cada contribuição marginal individual (preço – custo total de vendas)

Agora, siga o meu estudo de caso acima e calcule o ponto de equilíbrio do seu negócio. Se tiver alguma dúvida, por favor, envie um e-mail para Rodolfo.b@verticeservices.com

×

Hello!

Click below to chat on WhatsApp or send us an email to info@verticeservices.com

× Let's chat?